Lula diz que, se eleito, vai tirar 8 mil militares do governo

O ex-presidente Lula afirmou nesta segunda-feira, 4, que tirará quase 8 mil militares que ocupam cargos no governo federal, se vencer as eleições deste ano.

Bolsonaro lotou os ministérios e demais órgãos federais de militares, e a presença dos fardados no governo é cada vez maior.

O Diálogo e Ação Petista evidentemente apoia essa posição, uma medida necessária para a construção de um país democrático.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: