Diálogo Petista 19

GUARULHOS – AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE O PETRÓLEO

image

No dia 9, cerca de 20 companheiros, sindicalistas petroleiros, bancários e do aeroporto, além de professores e militantes do PT da região, compareceram a uma Audiência na Câmara Municipal de Guarulhos. A reunião foi convocada pelo vereador e líder do PT Edmilson Souza, para ouvir João Moraes, da FUP , apresentar o PLC 531, debater e questionar os “royalties” e o projeto do governo para o Pré-Sal.

Clarificando o que está em jogo na questão do “novo marco regulatório”, os militantes também discutiram quais os meios de mobilizar o povo trabalhador , pois sem mobilização não haverá avanço significativo.

Além de distribuir material de informação para um “trabalho de formiguinha”, como disse um companheiro, a reunião decidiu formar um Comitê Em Defesa do Petróleo, que já tem na pauta uma primeira atividade de informação num bairro popular da cidade.

Markus Sokol, do DN do PT , explicou que o projeto do governo está estagnado no Congresso também pelo bombardeio do aliado oportunista de Lula, o governador Cabral. O peemedebista Cabral atravessou a discussão, na defesa de seus “royalties”, reabrindo o debate sobre a proposta do governo, já bastante limitada. Por isso, é oportuna a proposta de uma ida a Brasília em apoio ao PLC 531 no mês maio, apresentada em um Ato na Assembléia Legislativa de São Paulo (29/03).

Moraes, foi questionado que “com o PLC 531 parece que não estamos juntos do governo, num período eleitoral, com a candidatura colocada de Mercadante”. Ao responder, ele considerou: “É um problema eleitoral delicado, mas ao movimento sindical não cabe fazer concessões, seu papel é esse mesmo. Se for o caso, é o governo quem vai fazer concessões, sendo que ao partido cabe uma visão estratégica do que se coloca”.

Justamente, esse era um objetivo “estratégico” buscado há dois meses numa pequena reunião do Diálogo Petista de Guarulhos, onde surgiu a proposta da Audiência. Com ela, começou em Guarulhos o trabalho paciente de esclarecimento e mobilização popular , inclusive no interior do PT . Essa discussão é decisiva na luta pela soberania nacional, que este ano passa pela disputa eleitoral.

 

Diálogo Petista incide no PT-Curitiba

Nove petistas, professores, bancários, Correios e jovens, se reuniram no dia 26 na sede da APP-Sindicato, onde foram apresentadas as conclusões do Encontro Nacional do Diálogo Petista. Em seguida, foi exibido o vídeo sobre o Haiti.

A reunião discutiu o Encontro do PT de Curitiba, convocado às pressas para o dia seguinte para desmobilizar o debate entre os filiados a respeito da candidatura própria do PT ao governo do Estado.

Desde o início do ano, esse assunto foi uma pedra no sapato da direção, que desejava firmar uma aliança com o senador ruralista Osmar Dias (PDT).

O Diálogo reafirmou a candidatura própria e tirou um dispositivo para coletar assinaturas em certas propostas de resolução.

Não deu outra! No Encontro Municipal, 90% das 20 intervenções no plenário defenderam a candidatura própria do PT. A principal resolução tirada foi essa, votada por 80% dos presentes de todas as correntes. Aprovou-se ainda a resolução em apoio ao projeto da FUP para o Petróleo e a retirada das tropas do Haiti.

Após o Encontro Municipal, a CNB – sem reunião de instância suspendeu o Encontro Estadual previsto para 10 de abril. No dia 12, a direção do PT anunciou o encerramento das negociações com o PDT de Osmar (o qual queria estrangular até mesmo a possível candidatura do PT ao Senado, para deixar o terreno livre para a eleição de Requião, do PMDB, ao Senado). Os aderentes do Diálogo discutem agora uma campanha para convocar o Encontro Estadual o mais breve possível.

 

Discussão e ação no Baixo Jaguaribe (Ceará)

No dia 20 de março, sete petistas se reuniram em Limoeiro do Norte, Ceará, com outros petistas de Russas e Tabuleiro para discutir os desdobramentos do Diálogo. A reunião começou com o relato de Eudes Baima sobre os objetivos tirados do Encontro Nacional.

Em seguida, tomaram a palavra petistas ligados às lutas na região do Jaguaribe. Antônio Marcos, da direção do Simsep, relatou a situação em Tabuleiro do Norte, onde o atual prefeito, Dinardo (PMDB), retira direitos dos servidores do município, com a participação do vice-prefeito petista, Marcondes, e dos vereadores do PT Naurides e Massoloni, que votam estas matérias. Chegaram, inclusive, a chamar a polícia para dispersar os trabalhadores!

Socorro, do STR de Russas, retratou a situação vivida pelas famílias de trabalhadores rurais das comunidades que serão desapropriadas para implantação de um projeto de irrigação.

A professora Edriana falou sobre a luta dos professores pela implantação do Piso Salarial, e o professor Jerri, do Sindiute, sustentou que o lugar do PT deveria ser ao lado das reivindicações dos trabalhadores.

A reunião adotou uma nota chamando o Encontro Estadual do PT a apoiar os servidores de Tabuleiro, e organizou reuniões do Diálogo em municípios da região. Ao final, foi exibido o vídeo "Estamos Cansados”, sobre o Haiti.

No Encontro Municipal do PT de Tabuleiro, os companheiros defenderam a ruptura do PT com a administração do PMDB, contando com o apoio dos petistas ligados ao sindicato dos agricultores familiares, em particular o companheiro César Gondim.

Rômulo Jerri