11 de setembro: Pinochet, Torres Gêmeas

Neste 11 de setembro completam-se 20 anos do atentado que destruiu as chamadas Torres Gêmeas, em Nova York, matando quase 3 mil pessoas. Toda a mídia vai falar disso, aliás já está falando. Mas poucos vão lembrar que foi também num 11 de setembro, há 48 anos, que um golpe militar instaurou no Chile uma ditadura sanguinária.

O atentado de 2001 foi o pretexto há muito buscado pelo imperialismo norte-americano para provocar a segunda guerra do Iraque e intervir militarmente no Afeganistão. O regime iraquiano foi destruído, Saddam Hussein foi executado e o país ficou à mercê da Casa Branca. Tem muito petróleo por lá.

Não foi obra só de Bush filho, pois o seu sucessor, Barack Obama, continuou com a mesma política, notadamente em relação ao Afeganistão. Osama Bin Laden, ex-aliado da CIA e acusado pelos atentados das Torres Gêmeas, foi assassinado. Os povos do Iraque e do Afeganistão certamente não têm nenhum motivo para comemorar a presença das tropas dos EUA (veja Dossiê Afeganistão aqui);

No Chile, a ditadura de Pinochet, perpetrada com maciço apoio norte-americano, perseguiu, torturou ou matou milhares de chilenos, liquidou os direitos sociais e trabalhistas e vendeu ao mundo (o que foi comprado alegremente pelas burguesias dos cinco continentes) a ideia de que o Chile era um paraíso do neoliberalismo.

Antes de sair de cena, o sinistro general deixou ao país, como última obra, uma Constituição feita à sua imagem e semelhança.

Mas…

A História dá voltas. A crise do imperialismo é tão profunda que as joias da coroa vão se perdendo…

Em outubro de 2019 o povo chileno revoltou-se contra o governo e a herança pinochetista: tomou as ruas e parte agora para elaborar uma nova Constituição e enterrar de vez os restos da ditadura militar.

No Afeganistão o que se viu foi Biden retirando suas tropas com o rabo entre as pernas. Os Estados Unidos são incapazes de manter a intervenção.

Não são apenas efemérides*.


efeméride: Obra que registra acontecimentos importantes ocorridos no mesmo dia em diferentes anos.
Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/efem%C3%A9ride [consultado em 11-09-2021].

user

Diálogo e Ação Petista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: