Dia 12, do MBL, não!

A Coordenação Estadual do DAP paulista reuniu-se no dia 9, quinta, para fazer um balanço da participação dos grupos de base do DAP nos atos do dia 7. E considerou importante publicar uma declaração sobre os atos deste dia 12, chamados pelo MBL, já que muitos petistas se perguntam sobre qual posição adotar.

Os grupos do DAP de São Paulo participaram do Ato do dia 7, no Vale do Anhangabaú, organizados em uma coluna. Com som próprio, revezaram-se no microfone dirigentes de movimentos e sindicatos. Em seguida saíram em passeata. No curto percurso até o ato centenas de pessoas apoiavam batendo palmas e gritando juntas a palavra de ordem “ninguém aguenta mais, fora Bolsonaro e seus generais”. À noite, na reportagem  do Jornal Nacional da Globo ouviu-se nitidamente a palavra de ordem que ecoou na Avenida São João.

Sobre o dia 12, veja abaixo a declaração do DAP São Paulo:

A Coordenação Estadual do DAP – Diálogo e Ação Petista de São Paulo decide não participar do ato do dia 12.

Convocado pelo MBL originalmente como “nem Lula, nem Bolsonaro” e mesmo que parece terem abandonado esse slogan está a serviço da tal terceira via que representa exatamente a mesma política anti povo trabalhador que Bolsonaro impulsiona. Ainda orientam que todos devem ir de branco, sem bandeiras partidárias. Nós estamos com a CUT e outras entidades que não irão, engajados na luta por Fora Bolsonaro e seus Generais, na defesa dos direitos arrancados dos trabalhadores, contra as privatizações (Correios), defesa incondicional do serviço e servidores públicos, por vacinas para todos, pelo Despejo Zero.               

São Paulo, 09 de setembro de 2021.

Trecho da reportagem do Jornal Nacional de 07/09

user

Diálogo e Ação Petista

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: