Vitória dos Professores da rede privada em São Paulo!

#LulaLivre


Nesta terça 29 mais de 100 escolas paralisaram atividades. A Assembleia do Sinpro-SP, a tarde, com 1500 professores, foi a maior da História do sindicato, seguida de ato com 5 mil pessoas – somado de professores e sindicatos do ABC, Guarulhos e de outras cidades da região metropolitana e muitos estudantes – que foi até o MASP.
Depois dessa segunda paralisação, os patrões recuaram e aceitaram assinar a convenção coletiva por mais um ano. A proposta inclui ainda reajuste salarial de 3% e PLR de 15%. A proposta foi aprovada pela maioria absoluta da assembleia.
Na próxima quarta-feira deve ser assinada, ao mesmo tempo em que a categoria estará mobilizada e fará nova assembleia. A assembleia também deliberou que qualquer alteração no acordo será respondida com greve e uma mobilização ainda maior.

LULA LIVRE

No ato/caminhada haviam jovens secundaristas com camiseta Lula Livre. Panfletamos “Lula Livre, Lula Presidente!” de um Comitê Lula Livre/Lula Presidente, que o Diálogo e Ação Petista ajuda a impulsionar. Foram mil panfletos distribuídos em poucos minutos, com a ajuda espontânea de vários professores e jovens!
Tiago Maciel, professor e militante do PT

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.