PT da Zona da Mata (MG): por democracia e pelos direitos!

Abaixo, as Moções aprovadas por unanimidade no Encontro Regional do PT-Zona da Mata, realizada no dia 09 de dezembro de 2017, na cidade de Cataguases.

CARTA DE CATAGUASES DE APOIO AO MST

Os diretórios municipais, as comissões provisórias, as vereadoras
e vereadores, parlamentares, dirigentes, filiadas, filiados e militantes petistas da
Regional Zona da Mata, reunidos em Cataguases, no Dia 09 de dezembro de 2017,
vem respeitosamente, como base do Governo Petista, REIVINDICAR uma decisão do
Exmo. Sr. Governador Fernando Pimentel PT-MG, um novo adiamento da ação da
Polícia Militar de Minas Gerais e demais instituições estaduais, envolvidas no
cumprimento da Ação de Reintegração de Posse, relativa ao Acampamento Gabriel
Pimenta, no município de Coronel Pacheco – MG, para o DIA 15 DE JANEIRO/2018,
conforme Termo de Acordo Extrajudicial, assinado em 08 de dezembro de 2017,
firmado pelo Comando da 4º RPM e representantes dos acampados, que concordam
em desocupar a área em litigio, reconhecendo o esforço do Governo, através da
Mesa de Diálogo, que apresentou nova área, que embora atenda a poucas famílias,
já representa um avanço significativo, impedindo um possível conflito e o uso de
violência com trabalhadoras e trabalhadores, que lutam pelo direito à terra e a
Reforma Agrária.

Todo nosso apoio à luta do MST e toda nossa solidariedade às
famílias do Acampamento Gabriel Pimenta.

Cataguases – Zona da Mata, 09 de dezembro de 2017.

Viva a Reforma Agrária. Viva a luta pelo direito à terra!

mst2

acampamento do MST em Coronel Pacheco – MG


MOÇÃO DE REPUDIO AO ATAQUE À UFMG

Os diretórios municipais, as comissões provisórias, as vereadoras
e vereadores, parlamentares, dirigentes, filiadas, filiados e militantes petistas da
Regional Zona da Mata, reunidos em Cataguases, no Dia 09 de dezembro de 2017,
aprovaram por unanimidade a presente MOÇÃO contra o retorno de práticas
policialescas e midiáticas caracterizando Estado de Exceção – no dia 06 de
setembro corrente a Polícia Federal realizou uma mega operação, com cobertura da
grande mídia, da condução coercitiva do Reitor, da Vice-Reitora e de outros
servidores, sobre o pretexto de investigar desvios na construção do Memorial da
Anistia.

Na véspera da comemoração da Declaração Universal dos
Direitos Humanos, manifestamos nosso REPÚDIO a esta operação, cinicamente
chamada de “Esperança Equilibrista”, hino da luta pela anistia e contra a Ditadura
Militar no Brasil.

Essa ofensiva tem caráter político e de mercado. É um ataque
frontal ao ensino público e às universidades públicas, pois já vitimou um reitor em
Santa Catarina e vem se repetindo em outras instituições de ensino Pais.

Coincide com a recomendação do Banco Mundial, com apoio do
governo golpista, de privatizar as universidades públicas.

Desmoraliza e depois destrói, como fizeram com a Petrobras.
Manifestamos nosso total apoio à toda comunidade
universitária, em defesa da escola pública de qualidade e cada vez mais
democrática.

ufmg

Manifestação na UFMG contra a invasão da PF

MOÇÃO CONTRA RETORNO DO PT AO GOVERNO DE ALAGOAS

Os diretórios municipais, as comissões provisórias, as vereadoras
e vereadores, parlamentares, dirigentes, filiadas, filiados e militantes petistas da
Regional Zona da Mata, reunidos em Cataguases, no Dia 09 de dezembro de 2017,
aprovaram por unanimidade a presente MOÇÃO contra o retorno do PT ao
Governo do Estado de Alagoas – considerando que após o golpe, acertadamente o
PT se retirou do governo e que agora, por 25 a 15 votos, aprovaram o indicação de
cargos para o Governo do Estado, em total desrespeito à Resolução do nosso 6º
Congresso Nacional do PT, que aprovou não composição com golpistas e “a política
de alianças, incluindo coalizões eleitorais, deve aglutinar quem partilhe de uma
perspectiva anti-imperialista, antimonopolista, antilatifundiária e radicalmente
democrática”.

Manifestamos nosso total apoio às companheiras e
companheiros do PT de Alagoas, que entraram com RECURSO no Diretório Nacional
do PT contra decisão da maioria dos membros do Diretório Estadual para retornar
ao governo do estado.

luiz gomes

militantes do PT AL, contra a entrada no governo de Renan Filho (PMDB)

Renan Filho aplica as mesmas políticas de ajuste do ilegítimo e
usurpador Temer, desmonte dos serviços públicos, privatização, arrocho,
perseguição ao movimento sindical e servidores, além de como o Pai, e toda sua
bancada ter apoiado o impeachment, o congelamento dos gastos, a entrega do pré-
sal, a contrarreforma trabalhista, terceirização e agora a destruição da previdência
pública.

A Direção Nacional do PT pode e deve rever essa posição.
Não podemos repetir os mesmos erros. O PT precisa agir como o PT agia.
Cataguases – Zona da Mata, 09 de dezembro de 2017.

Cataguases – Zona da Mata, 09 de dezembro de 2017.

Assinam as três moções os seguintes Diretórios Municipais, Comissões Provisórias além de vários parlamentares do PT na Zona da Mata:

Cataguases,
Leopoldina,
Muriaé,
Palma,
Laranjal,
Santana de Cataguases,
Itamarati de Minas,
Rio Novo,
Piraúba,
Astolfo Dutra,
Mirai,
Rio Pomba,
Bicas e
Juiz de Fora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s