Moção de repúdio contra a “máfia do transporte coletivo” do estado da Bahia

São Paulo, 11 de maio de 2014.

 Nós, participantes do Encontro Nacional “Diálogo e Ação Petista”, aprovamos moção de repúdio ao tratamento dispensado aos movimentos sociais legítimos de trabalhadores e cidadãos de luta contra a máfia do transporte coletivo que se instituiu no Estado da Bahia, tendo o envolvimento de empresários e parlamentares da bancada que compõe a base de governo do Partido dos Trabalhadores, inclusive que apoiam a candidatura de Rui Costa ao governo da Bahia, resultando no aparelhamento dos órgãos regulamentadores e fiscalizadores do transporte coletivo, como a AGERBA e o Conselho Municipal de Transporte de Ilhéus.

Repudiamos também o tratamento dispensado pelo Prefeito Jabes Ribeiro ao movimento de luta de nome “REÚNE Ilhéus”, que apoiado pela população mantinha uma ocupação em frente à sede do poder municipal por mais de cem dias no ano de 2013, em prol de um transporte coletivo à preços populares e de qualidade, atendendo as necessidades do povo e se encaminhando para a estatização gradual do sistema de transporte coletivo. Este movimento foi retirado de forma violenta e covarde pelos próprios servidores municipais. Desde então o prefeito se nega a negociar com os movimentos sociais e ainda comprou um parecer técnico realizado pela FIPE sem as devidas consultas populares e com pesquisa de campo, baseando-se exclusivamente nos dados apresentados pelos próprios empresários, principais interessados em manter seus lucros por meio da exploração do sistema de transporte, acabando por agredir e extorquir a população em geral.

Assinam a moção:

Participantes do Encontro Nacional Diálogo e Ação Petista.

Aprovado por unanimidade!