Danilo Gentili é o candidato babyface do lavajatismo e da negação da política

Caro leitor, pode parecer uma piada de mau gosto, mas o ‘lavajatismo’ raiz da “República de Curitiba” já encontrou um candidato para chamar de seu: Trata-se do comediante Danilo Gentili, lançado pelo antigo Movimento Brasil Livre (MBL), aquele que era bolsonarista até anteontem.

Ler mais

O que esperar de um Partido político?

Uma reflexão do companheiro Adilson Souza, presidente de DZ da capital paulista, sobre o que esperar do PT. “Com todo respeito ao PT e a nossa presidenta, mas acho que o PT chegou tarde nas ações de solidariedade. (…) Morreram nas últimas 24h 3.950 pessoas e nossa campanha nacional é por alimentos? Queremos viver, queremos vacinação em massa, testagem em massa, auxílio emergencial de R$ 600,00 até o fim da pandemia, e o que faz nosso partido?”. Leia o texto na íntegra.

Ler mais

O legado nefasto da Lava Jato

A Lava Jato, com o desmonte da operação, demanda um rigoroso balanço de seu legado. Nos últimos dias, o debate veio à tona provocado pelas revelações das conversas entre Sérgio Moro, o coordenador da força-tarefa Deltan Dallagnol e demais integrantes do grupo de procuradores. Revelações chocantes de mensagens que mostram a face oculta de uma operação marcada por numerosos atos de ilegalidades, crimes e farsas judiciais monstruosas.

Ler mais

O ‘esquadrão da morte’ de Curitiba

Confira o artigo de Milton Alves:
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes comparou nesta semana a atuação da força-tarefa de Curitiba da Operação Lava Jato com um “esquadrão da morte”. “Todos nós de alguma forma sofremos uma manipulação disso que operava em Curitiba. Acho que temos que fazer as correções devidas, tenho dito e enfatizado que Lula é digno de um julgamento justo. Independentemente disso, temos que fazer consertos, reparos, para que isso não mais se repita, não se monte mais esse tipo de esquadrão da morte.”

Ler mais