Nota de informação sobre a reunião do Diretório Nacional do PT

Caras companheiras e companheiros do Diálogo e Ação Petista,

Após uma breve avaliação do resultado da reunião do Diretório Nacional de 30/11 e 01/12/2018, decidimos Greenhalgh, Misa e Sokol, transmitir rapidamente as seguintes informações e propostas aos grupos de base do DAP:

Os acontecimentos

1.No Diretório, uma maioria das correntes Construindo um Novo Brasil (CNB) e Movimento PT (MPT), tomou a decisão de rejeitar como base o texto de Conjuntura, atropelando a comissão designada pela Executiva Nacional para apresentá-lo. A comissão, composta por todas as tendências, inclusive CNB e MPT, trabalhou várias semanas até chegar numa 5aversão – destacando alguns pontos contraditórios a voto – do texto enviado ao Diretório Nacional (DN) alguns dias antes.

O texto alternativo do CNB, só apareceu às 18 horas da sexta-feira, pouco antes da rejeição do texto da comissão, sendo fundido ao do MPT em versão distribuída por whatsapp à 1:30 da madrugada. Na manhã do sábado, as poucas versões em papel disponíveis eram distintas daquela do whatsapp, de modo que não se conhece a redação final exata emendada pela maioria (os demais se abstiveram de votar). Versões diferentes de resolução foram divulgadas às 23hs no site do PT e outros sites e jornais domingo – a confusão é evidente.

Foi um atropelo, sem dúvida. Para aprovar um texto de “balanço” que, com algumas denúncias justas, generalidades e alguns equívocos, na verdade, tenta bloquear a discussão do balanço da derrota – não a “autocrítica” que pede a mídia – mas das raízes políticas do recuo eleitoral, até o fim, o que passa pela campanha de Haddad até os governos do PT, tanto no plano das instituições, como na política econômica.

2. A mesma maioria CNB/MPT também adiou a decisão do calendário do Plebiscito do PED e do 7oCongresso do PT para uma nova reunião do DN em fevereiro, contra outras duas propostas que, uma com data de junho e outra sem data, garantiam ao menos realizar um Congresso em 2019. Apoiamos a proposta com data.

O debate

No debate, se mostrou, abertamente em alguns casos, a disposição de, com argumentos financeiros ou outros, adiar a consulta, o que levaria a prorrogar o mandato. A fuga do balanço até o fim é evidente, até mesmo elementos de balanço do 6º Congresso foram questionados, numa perigosa dinâmica regressiva.

3.O DN recebeu o informe do Comitê Nacional Lula Livre e se comprometeu com um calendário de jornada e seminário internacional dia 10, criação de Comitês Lula Livre e especial mobilização na Vigília em Curitiba, nos dias de Natal e Ano Novo (25 e 31). O informe anuncia um Secretariado de 7 nomes do Comitê (com o viés da Frente Brasil Popular). Diferente do que anunciava outro informe distribuído dias antes, não repete a “tarefa” de imprimir e distribuir o jornal Brasil de Fato nos Estados (o que ainda assim questionamos, em favor de um material unitário do Comitê e outro próprio do PT; o BDF é um jornal de outra organização).

4.O DN ainda recebeu uma Carta de Lula da prisão em Curitiba, bastante política, que já disponível no site do PT, além de uma mensagem de Haddad de Nova York.

Nossa opinião

5.Em nossa opinião, o atropelo frustrou a expectativa da militância na elaboração da instância dirigente para abrir discussão de balanço consistente, e chegar, mais a frente, ao armamento político necessário.

Mudou, assim, o cenário previsto no Comitê Nacional do DAP dia 25, que nos levou orientar a discussão nos grupos de base no verão (até fevereiro), com base na nossa ATA do dia 25 junto com a resolução que saísse do DN. Esta última é produto de uma violência e carece do conteúdo decisivo para armar a militância.

Nessas condições, sugerimos aos grupos do DAP readequar nossa agenda: ali onde os Diretórios Municipais convoquem reuniões para discutir a resolução do DN (CNB/MPT), nós participaremos, claro, com base nas linhas da ATA do dia 25, aprofundando e atualizando. E, da nossa parte, nos grupos do DAP propomos, desde já, discutir o balanço com base na Carta de Lula ao Diretório e na ATA do dia 25.

Por fim, os grupos que puderem, devem se engajar na atividade Lula Livre, na Vigília e outras, dias 25 e 31 de dezembro.

02 de dezembro de 2018


Seguem os links dos documentos indicados para discussão nos grupos de base: Relatório da reunião do Comitê Nacional do DAP de 25/11 – https://petista.org.br/coordenacaonacional-balancoeleicoes-ata/

Carta de Lula ao Diretório Nacional – https://petista.org.br/2018/11/30/carta-de-lula-para-o-diretorio-nacional-do-pt/

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.