Declaração política do PT nacional

A Direção Nacional do Partido dos Trabalhadores divulgou nesta terça (08) uma declaração de balanço das eleições 2020. O texto foi aprovado por unanimidade na reunião do Diretório Nacional. Leia os principais trechos da declaração.

Situação se agrava

A vida da imensa maioria do povo brasileiro segue cada vez mais dura ao final do processo de eleições municipais de 2020. A pandemia da Covid-19 recrudesce e a população continua desprotegida, principalmente pela omissão criminosa do governo Bolsonaro, que não realiza testagem, não organiza o enfrentamento à pandemia e não planeja a vacinação. A cada nova estatística se constata o aumento do desemprego, das famílias que perderam o teto. O drama da fome voltou a assolar o país e precisa ser enfrentado com urgência. O preço dos alimentos é cada vez mais proibitivo para a maioria da população.

É para o povo brasileiro, em primeiro lugar, inclusive os mais de 30% que não puderam votar ou que se abstiveram, votaram nulo e em branco por não se sentirem representados no processo eleitoral, que o Partido dos Trabalhadores envia uma mensagem de esperança e de luta neste momento.

PT manteve a votação

Diferentemente do que desejavam, previam e afirmaram seus porta-vozes, o PT conseguiu manter sua votação em nível nacional e sua presença em todo o país, numa conjuntura política extremamente difícil e numa campanha limitada pela pandemia e seus desdobramentos.

Começar já

O resultado nos impõe a responsabilidade de fortalecer com a esquerda e os movimentos sociais a oposição ao governo Bolsonaro, aos seus aliados e as políticas neoliberais (…). E esta tarefa começa já, colocando na ordem do dia as questões que a grave crise nacional e o enfrentamento da pandemia nos exigem:

  • Garantir o acesso universal e gratuito às vacinas, a testagem em massa e a todas as ações de enfrentamento da pandemia;
  • Defender a manutenção do auxílio emergencial, enfrentar a carestia, o aumento da pobreza e a profunda crise social que vão se agravar pelo descaso do governo federal ante o sofrimento do povo;
  • Criar milhões de empregos em todo o país;
  • Devolver o processo político brasileiro à normalidade democrática, com o resgate dos direitos políticos do presidente Lula.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: