Entrevista com Bianco, pré-candidato a prefeito de Sarandi/PR

Bianco na tribuna

Entrevistamos Aparecido Bianco, presidente do Diretório Municipal
do PT de Sarandi (419 km de Curitiba, na região metropolitana de Maringá). Ele deve ser o candidato a prefeito do PT na cidade. Bianco já foi vereador e, nas duas últimas eleições, embora tenha sido o candidato mais votado da cidade entre todos os partidos, não foi eleito pois o PT não obteve votos suficientes para elegê-lo.


DAP – Como você pensa enfrentar os problemas do município?
Bianco – Sarandi tem hoje 100 mil habitantes, poucas indústrias.
Aqui, como em muitas cidades, o desemprego cresceu e a população
sofre com a situação na saúde, na educação, na falta de creches e no
transporte público. É o resultado da política de privatizações e destruição dos serviços públicos, aprofundada pelo governo Bolsonaro. Sem pôr fim
a esse governo, as coisas vão ficar piores. É isso que vou dizer em minha
campanha.

DAP – E seus adversários, quem serão?
Bianco – O prefeito é do PSDB, fez campanha para Bolsonaro. Seu
antecessor, a mesma coisa. Vão se enfrentar, mas a política é a mesma.
Veja o caso da pandemia: faltam testes, não há fiscalização suficiente, há
um único hospital para toda a região. Nossa campanha vai deixar clara a
responsabilidade dessas autoridades pela situação.

DAP – E quanto a possíveis aliados do PT na campanha?
Bianco – Está difícil. O PCdoB deveria romper com o PSDB, com
quem está junto há anos. Vamos ver. Enquanto isso, seguimos na luta. Já
fizemos atos de rua pelo Fora Bolsonaro e contra o racismo em Sarandi e em Maringá. Nossa campanha será de luta, de esclarecimento e pelo fim do
governo Bolsonaro.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: