Diálogo Petista 66

O ATO

CapaJOT2

“Viemos aqui porque tínhamos um grito preso na garganta”

Convocado pelo Diálogo Petista, Ato “Em defesa do PT” reúne mais de 500 militantes

O auditório do Sindicato dos Engenheiros em S. Paulo ficou lotado na noite do dia 24, enquanto fora, os que não puderam entrar acompanhavam num telão. 450 assinaram a lista e mais 3.000 assistiram a transmissão online do Diretório Regional.

Convocado na abertura do 5º Encontro Nacional do Diálogo Petista, afluíram ao ato centenas de militantes, jovens, sindicalistas, parlamentares e intelectuais com o mesmo sentimento: o partido não pode ficar sem reagir à ofensiva orquestrada desde o Supremo Tribunal Federal (STF), que visa atingir o PT e as organizações do povo trabalhador.

Três dias antes, a mesma mídia que aplaude o STF e faz pirotecnia para encobrir seu verdadeiro interesse de destruir o que os trabalhadores foram capazes de conquistar, acusava de “golpista” os que ousavam denunciar a farsa desse julgamento.

O ato do dia 24 foi uma retumbante resposta. A base do PT, chamada, não vacilará em defender o partido, as organizações da cidade e do campo, e os direitos democráticos ameaçados por esse julgamento de exceção.

LEIA MAIS>>>


O ENCONTRO

Estados

5º Encontro Nacional do Diálogo Petista

PlenariaENDP

149 delegados de 14 Estados fazem o maior encontro do Diálogo

No último dia 25, estimulados pelo êxito da abertura na noite anterior – o Ato “Em defesa do PT” – os 149 delegados do Diálogo vindos de 14 Estados discutiram durante todo o dia. No encontro anterior há um ano, com os mesmo critérios de auto-financiamento, foram 60 delegados de 11 Estados.

O conteúdo das mais de 30 falas do plenário, também refletia uma melhor preparação em reuniões previas, as quais, por sua vez, em geral agrupavam militantes que ao longo do período mantiveram relações para agir na luta de classes, no espírito dos compromissos que deram origem ao partido.

Na mesa de introdução dos trabalhos, quatro questões foram destacadas:

Todo Petróleo para uma Petrobrás 100% estatal

Em 1º de junho de 2013: Conferência no Haiti

Revogar a lei das Organizações Sociais

A conta da desoneração chegou

LEIA MAIS>>>


ENCONTRO PELA

REVOGAÇÃO DA LEI DAS OS

EncOS

No último dia 24, foi reforçada a luta em defesa dos serviços públicos e  pela  revogação  da  Lei  das Organizações  Sociais  (OSs),  a  lei 9637/98 criada no governo de FHC.
Nesse dia, o 2º Encontro Nacional pela  revogação  da  lei  reuniu,  no Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), representantes de entidades e movimentos de oito Estados do
país.

A campanha pela revogação foi lançada no Encontro realizado em 2011 em  Florianópolis  (SC),  organizado pelo  Sindicato  dos  servidores  estaduais (Sintespe), através de um abai-
xo-assinado  dirigido  à  presidente Dilma. No final de 2011, durante a 14ª. Conferência Nacional da Saúde, uma delegação entregou ao ministro da Saúde Alexandre Padilha, mais de
10.000  assinaturas.  O  ministro  se comprometeu a  marcar uma audiência com o governo, o que até hoje não se concretizou.

O  2º.  Encontro  Nacional  visou reforçar a luta para derrubar essa lei de ataque aos serviços públicos.

LEIA MAIS >>>

Um comentário sobre “Diálogo Petista 66

  1. Pingback: Diálogo Petista 72 |

Os comentários estão desativados.