#StandWithLula #EstamosComLula

“O mundo está vendo. Inclua seu nome para também ficar ao lado do Lula!” Com esse apelo, a Central SindicaI Internacional (CSI), à qual a CUT é filiada, lançou uma campanha mundial de solidariedade com Lula, em Nova Iorque, no dia 20, véspera da decisão do juiz Moro aceitar a denuncia dos procuradores de Curitiba contra ele.

Em poucos dias, 27 mil adesões foram registradas no site www.standwithlula.org. Esse é, na verdade, o primeiro passo de uma campanha internacional que está começando.

O Acordo Internacional dos Trabalhadores, desde o dia 23, publicou uma Nota Informativa dirigida “a todas organizaçõees q ue lutam com o AcIT e ao movimento dos trabalhadores”, em que, “no marco da campanha ‘Estamos con Lula!’, chama a multiplicar as tomadas de posição e iniciativas, sob todas formas, para ajudar à luta dos militantes brasileiros para exigir o fim da perseguição a Lula”.

A Nota assinada pelos dois coordenadores do AcIT, Luisa Hanune , deputada e secretaria general del PT de Argelia, e Geoffrey Excoffon, da direção do Partido Operário Independente (França), avalia que “este ataque contra Lula é um ataque contra o PT, contra a CUT, contra todas as organizações dos trabalhadores e contra a própria democracia. Pretende facilitar a realização do plano antioperário do governo usurpador de Temer”.