Chile: vitória contundente do “apruebo” no plebiscito

Uma contundente vitória com 78,27% de votos “apruebo” (sim à uma nova Constituição) no plebiscito deste domingo. Isso mostra a vontade soberana do povo chileno de enterrar a Constituição herdada de Pinochet e preservada nos 30 anos dos governos de “concertación”. Publicamos texto escrito no calor das comemorações populares na noite deste domingo (25) em Santiago, enviado por Javier Marquez G., dirigente sindical bancário e um dos membros da coordenação nacional “No + AFP”

Ler mais