Gaúchos realizam plenária estadual do DAP

Mais de 50 petistas de 13 municípios gaúchos, participaram da plenária estadual do Diálogo e Ação Petista, em 27 de junho. Na pauta, a luta pelo fim do governo Bolsonaro, o avanço da crise no Brasil e nosso combate no PT. A plenária contou com a participação de Markus Sokol, membro da Executiva Nacional do PT pelo DAP. Ele abriu a discussão a partir do debate feito na Coordenação Nacional do DAP.

A discussão

A preocupação com o futuro do país e a necessidade de o PT abrir uma saída para a nação foram a tônica do debate. A preocupação com a acelerada retirada de direitos, as privatizações e a ameaça à democracia perpassou diversas intervenções.

A existência de “frentes democráticas” ao lado daqueles que deram o golpe em 2016 e que se recusam a defender sequer o impeachment de Bolsonaro foram apontadas como obstáculos.

“O povo brasileiro não pode ser condenado a viver de impeachment em impeachment”

Markus Sokol

“O povo brasileiro não pode ser condenado a viver de impeachment em impeachment”, assim disse Sokol. Ele levantou a necessidade da luta pelo fim do governo Bolsonaro, ligada à necessária revogação das reformas trabalhista e previdenciária, da Emenda Constitucional 95/2016 (o chamado “teto de gastos” uqe congela o orçamento para serviços públicos por 20 anos), e a implementação das reformas populares. Hoje, é preciso ampliar os serviços públicos, a pandemia mostrou isso, concluiu.
A reunião foi uma grande injeção de ânimo nos presentes e incentivou a organização das reuniões dos grupos de base do DAP no Rio Grande do Sul.

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: