José Ricardo para prefeito de Manaus!

Com 10% nas pesquisas e chances reais de ir para o segundo turno, o deputado federal Zé Ricardo do PT Amazonas é de fato o candidato do Partido na capital amazonense. O DAP apoiou o recurso ao Diretório Nacional para decidir em favor de Zé Ricardo.

A escolha da candidatura de José Ricardo ficou marcada pela orientação do Diretório Nacional de 15/junho, que acolheu o recurso contra a decisão do Diretório Municipal de Manaus, que dias antes havia decidido em favor da candidatura do deputado estadual petista Sinésio Campos, que também é presidente estadual do PT. Ocorre que Sinésio, deputado que está no seu sétimo mandato, aparece muito mal nas pesquisas de opinião pública, pontuando com menos de 1%.

O DAP Manaus

Mosani Santiago, representante do DAP no Diretório Municipal de Manaus, relata que durante as prévias não houve um debate entre os candidatos inscritos e que na última hora alguns dirigentes ligados a Sinésio Campos e Waldemir Santana, Presidente da CUT estadual e presidente municipal do PT, foram estranhamente substituídos:

“José Ricardo tem uma ótima imagem na cidade e uma ralação muito boa com movimentos sociais, há 10 anos denuncia o descaso e o desmonte na saúde e cobra a imediata contratação dos concursados da SUSAM no lugar dos funcionários terceirizados, não é a toa que foi o deputado federal mais votado no Estado e aparece muito bem nas pesquisas.

Mosani comenta também sobre Sinésio: “Já Sinésio precisa prestar contas aos petistas do seu voto na ALEAM a favor da redução do salário dos servidores estaduais, sem falar do seu voto a favor da abertura de templos e igrejas em plena pandemia. Já temos uma candidatura pronta e competitiva, que é a do companheiro José Ricardo, não entendo essa divisão na escolha do candidato”, relatou Santiago, que assinou o recurso ao Diretório Nacional em favor de Ricardo.

Anos de conciliação

A crise interna no PT amazonense é o reflexo da política nacional de alianças de conciliação que predominou durante os governos petistas – anterior ao 6o. Congresso do Partido. Durante aquele período oficialmente, o PT amazonense participava dos governos Estaduais de Eduardo Braga (PMDB), Omar Aziz (PSD) e José Melo (PRONA). Todos esses governos abusaram de políticas de destruição dos serviços públicos, principalmente da saúde, no Estado. 

Unidade para derrotar Bolsonaro

Manaus foi uma das poucas cidades do Amazonas em que Bolsonaro ganhou nas eleições de 2018. A cidade esta sendo duramente castigada pelo coronavírus, noticiada no Brasil e no mundo sobre a abertura de covas coletivas e o colapso funerário. Tem a chance agora com Zé Ricardo candidato do PT de derrotar esses políticos: Arthur Virgílio, Wilson Lima e Bolsonaro. Eles que prepararam o caos a que todos nós assistimos. Para isso, é preciso que todo o PT supere suas divergências e marche unido em defesa da vida e dos direitos do povo manauara.

Gustavo Passaneli

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: