DAP Cataguases discute situação política e eleições municipais

No dia 12 de fevereiro, em Cataguases/MG, 18 militantes do DAP realizaram uma reunião de volta do 8° Encontro Nacional do DAP. A reunião discutiu a situação internacional, marcada pelas lutas de resistência dos povos aos planos de “ajustes” ditadas pelo imperialismo: França, Argélia, Iraque, África, mas principalmente as lutas na América Latina – Colômbia, Venezuela, Equador, e em especial o Chile.

Brasil

Do mesmo foi discutida a necessária resistência também no Brasil.
Destaque para greve dos Petroleiros, assim como servidores do SERPRO/DATAPREF e da Casa da Moeda, todos contra as ondas de demissões e contra as privatizações.
Neste ponto todos ressaltaram o papel decisivo do PT nesta luta de resistência, mas apontando as críticas às contradições dos governadores petistas do Nordeste.

Os governadores petistas estão aplicando em seus Estados a mesma reforma da previdência de Bolsonaro – a mesma contrarreforma que a bancada petista votou contra e que penaliza ainda mais os servidores.

Os presentes cobraram

Os presentes cobraram a ausência de uma posição mais firme da direção do PT contra o governo Bolsonaro.
Os presentes aprovaram a retomada do Abaixo assinado Lula Livre – Pela anulação dos processos, assim como retomar os contatos com o povo, apoiando a convocação e mobilização para os dia 8 e 18 de março – Dia Internacional das Mulheres e dia de defesa dos serviços públicos contra as privatizações.

Pré-candidatura a prefeito

A discussão da participação do PT nas eleições municipais contou com a presença do companheiro Vanderlei Pequeno – pré candidato à Prefeito de Cataguases pelo PT e diversos pré candidatos e candidatas à vereador.

Gilson Lyrio

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: