SP: DAP compõe chapa com CNB

“Construindo um Novo Brasil com Diálogo e Ação Petista” é o nome da chapa estadual de delegados. A discussão começou quando o Diálogo e Ação Petista lançou a “Carta aos Petistas” propondo a mais ampla unidade sobre a base de 7 pontos para colocar o PT à altura da tarefa que só ele pode cumprir para fazer frente à difícil situação que vive o país.

Em São Paulo o Diretório Estadual, integrando posições e propostas apresentadas pelo DAP, adotou resoluções que ajudaram colocar o PT paulista em luta, por exemplo, contra o desmonte da Previdência ou por Lula livre, resoluções e ações que permitiam avançar a discussão.

As bases políticas do acordo
Diferenças permanecem, por exemplo, no balanço dos 13 anos de governo reconhecer que os erros cometidos são oriundos de uma política de conciliação. Mas o texto que foi a base para a inscrição da chapa, em nada é contraditório com as posições defendidas pelo DAP e permite que a discussão prossiga, inclusive no congresso estadual.

Leia mais sobre o DAP em São Paulo:
Galeria: fotos do Encontro Estadual do DAP – São Paulo
Contra a reforma da Previdência e por Lula livre, DAP-SP realiza Encontro Estadual

Leia também:
Contribuição do DAP ao 7º Congresso do PT
Juliana Salles e Júlio Turra: Carta aos cutistas filiados ao PT

Abaixo alguns trechos do texto comum:

Saída para a crise do país
“Para sair da crise é preciso um outro governo: um governo democrático e popular encabeçado pelo PT, com Lula Livre, um governo que restabeleça os programas sociais legados por nossas administrações em várias áreas(…) que também revogue a reforma trabalhista, o teto de gastos (…) todos os decretos anti-povo de Temer e Bolsonaro.

Para avançar com essas medidas é necessário reorganizar estruturalmente o Estado brasileiro e as instituições (…) através de uma Assembleia Nacional Constituinte Livre, democrática e soberana, conforme aprovado no 6° congresso (2017), com a força e legitimidade de um novo governo e com Lula Livre.

Rumos para o PT
“Consideramos que a luta do nosso partido nestes últimos dois anos permite que o 7º Congresso avance e aprofunde o rumo indicado pelo 6º Congresso que permitiu enfrentar a ofensiva contra os interesses nacionais, aos direitos dos trabalhadores e à democracia (…) Nosso 7º Congresso deve fazer um balanço para, apoiando-se nos nossos acertos, não repetir erros que nos fragilizam.”

Previdência e papel dos governadores
“Reafirmamos a posição unânime do nosso Diretório Nacional de ser radicalmente contra a PEC 06, Reforma da Previdência Social. Saudamos e incentivamos ações de nossos representantes no executivo que estão nessa luta, à exemplo do nosso companheiro Kiko, prefeito de Franco da Rocha, que decretou no dia 13 de junho que “Fica suspenso o expediente nas repartições públicas municipais no dia 14 de junho de 2019 (sexta-feira), em razão da greve geral convocada para a data”, estabelecendo o ponto facultativo. Como a luta continua, esta deve ser a postura de todos os nossos mandatários executivos e não buscar ‘melhoras’ em aspectos da PEC 06”.

São Paulo e eleições 2020
O texto chama o PT à responsabilidade de ser o principal partido de oposição ao governo Dória. Para as eleições de 2020 defende: “Reafirmamos o dever de lançar candidaturas próprias do PT na maioria dos municípios, numa frente democrática e anti-imperialista contra Bolsonaro e Dória”.


*Artigo originalmente publicado na página do DAP na edição do Jornal O Trabalho, edição nº 851

2 comentários em “SP: DAP compõe chapa com CNB

Gostou? Comente sua opinião

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: